Este livro destaca a importância das entradas sensoriais do ambiente e do corpo na aprendizagem e no engajamento ocupacional das crianças. Aborda a Integração Sensorial como a habilidade de organizar, integrar e utilizar informações sensoriais para respostas adaptativas, essencial para entender a participação infantil nas atividades diárias. Anna Jean Ayres iniciou os estudos nos anos 1960, elucidando problemas neurológicos e de aprendizagem, seguidos por pesquisadores internacionais após seu falecimento em 1988. No Brasil, há lacunas em evidências científicas socioculturalmente representativas, como instrumentos de avaliação normativa. O livro, produto de pesquisadores do Brasil e Portugal, visa enriquecer essas evidências desde 2021.

As organizadoras, vinculadas à Unesp, exploram como a Integração Sensorial permite respostas eficientes às entradas sensoriais, crucial para atividades em diferentes contextos. Comprometimentos sensoriais afetam aprendizagem, comunicação, habilidades motoras e sociais, exigindo intervenções para potencializar habilidades e engajamento. Cada capítulo contribui para formação profissional, discutindo desafios sensoriais, tradução de instrumentos, observação clínica, identificação de disfunções, e intervenções familiares e escolares.

Esta coletânea fortalece parcerias nacionais e internacionais, incentivando publicações acadêmicas e reflexões sobre intervenções em Disfunções de Integração Sensorial na infância.