Pesquisadora discute atuação do Serviço Social na educação brasileira

O estudo realizado por Maria Cristina Piana tem como tema a construção do perfil do assistente social no cenário educacional e como objetivo compreender e explicar a importância da atuação do Serviço Social na política educacional. A construção do perfil do assistente social no cenário educacional, publicado pelo selo Cultura Acadêmica, analisa o Serviço Social enquanto propositor e elaborador das políticas sociais, levando-se em consideração o trabalho profissional realizado na educação em diversos estados e municípios brasileiros, desde a origem da profissão. A investigação, realizada por meio de pesquisas bibliográficas, documental e de campo, ao longo do processo, permitiu um acúmulo de conhecimentos sobre o objeto de estudo e possibilitou a análise e a compreensão do trabalho realizado pelo Serviço Social na Secretaria de Educação do município de Barretos (SP). Os resultados da pesquisa, apresentados ao longo da obra, revelam que a atuação do Serviço Social na educação brasileira, desde a origem da profissão, destacou-se significativamente nas unidades de ensino. Porém, hoje se expande de forma positiva, expressiva e qualitativa nas esferas estaduais e municipais atuando em equipes interdisciplinares na elaboração de diretrizes e planos de ação para uma educação de acesso a todos os cidadãos e também através de vários movimentos sociais para a aprovação legal. Essa temática ganha um significado especial por tratar de um estudo voltado para o mundo da educação que representa hoje uma exigência do sistema vigente em termos de qualidade, novos empreendedorismos, investimentos em pessoal, formação continuada e generalista. Sendo o assistente social um profissional que trabalha a realidade social, faz-se necessário construir seu perfil de modo diferenciado, crítico, reflexivo, criativo, propositivo, inovador e estratégico para as negociações e conquistas no campo educacional. Sobre o organizador – Maria Cristina Piana possui mestrado (2003) e doutorado (2008) em Serviço Social pela Unesp, câmpus de Franca. É especialista em Política Social e Serviço Social pela UnB (2000), especialista em Recursos Humanos e Marketing pela União dos Grandes Lagos (Uniliago) em São José do Rio Preto e graduada em Serviço Social pela Universidade de Ribeirão Preto (1988) . É professora titular, desde 2003, do Centro Universitário da Fundação Educacional de Barretos, onde coordena o Curso de Serviço Social. Tem experiência na área de Serviço Social, com ênfase em Serviço Social na Educação, atuando principalmente nos seguintes temas: Serviço Social e educação, formação profissional, políticas sociais, criança e adolescente.

Designers discutem como a tecnologia influencia na qualidade de vida

8 de novembro de 2017

Pró-reitor de Pós-graduação da Unesp, Eduardo Kokubun, realça pioneirismo e qualidade da coleção Propg Digital

8 de novembro de 2017

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *