Regular

Novas práticas em pesquisa sobre a linguagem: rompendo fronteiras

“Reúnem-se, nesta obra, resultados de investigações de linguistas brasileiros e estrangeiros sobre o tema “Novas práticas em pesquisas sobre linguagem:

Estágio supervisionado: prática simbólica e experiência inaugural da docência

Durante a realização dos estágios, as ações e a experiência na sala de aula ultrapassam a condição de atividade acadêmica

Projeto Açaí: uma contribuição à formação dos professores indígenas no estado de Rondônia

A educação escolar indígena e a formação de professores indígenas estão em pauta na obra Projeto Açaí: uma contribuição à

Tempo e Saberes: a constituição do professor experiente em Matemática

Intrigantemente esta obra trabalha com duas categorias – Tempo e saberes – numa tentativa de estudar as razões a que

Mídia-educação, cidadania hídrica e letramento mediado por tecnologias

O livro “Mídia-educação, cidadania hídrica e letramento hídrico mediado por tecnologias” inclui-se entre os resultados do projeto “Cidadania hídrica e

Semiótica e Comunicação: estudos sobre textos sincréticos

A semiótica francesa, originária dos princípios estruturalistas e sistematizada a partir dos trabalhos de A. J. Greimas, é erroneamente encarada

A interdisciplinaridade e a especificidade linguística: teorias e práticas

Os capítulos que constituem este livro retomam conferências realizadas durante o III e IV Seminários de Linguística da UNESP (SELIN),

Pesquisas em linguística no século XXI: perspectivas e desafios teóricos-metodológicos

Com o objetivo de promover o diálogo entre os participantes de dois programas de pós-graduação da UNESP (“Estudos Linguísticos”, do

Léxico em Cena: contribuições para os estudos lexicais

Este volume de nº 28 da Série Trilhas Linguísticas, uma publicação do Programa de Pós-graduação em Linguística e Língua Portuguesa

Léxico e suas Interfaces: descrição, reflexão e ensino

Léxico e suas Interfaces: descrição, reflexão e ensino” é uma coletânea de artigos apresentados no I CINELI – Congresso Internacional

Estado e mercado no Brasil contemporâneo: a produção de sentidos, a produção de alianças

O livro reúne artigos de alunos do mestrado e do doutorado da disciplina Sociologia Econômica, do Programa de Pós-Graduação em

1964 – 2014: Golpe Militar, História, Memória e Direitos Humanos

O ano de 2014 ficou marcado pela rememoração do período da ditadura civil-militar no Brasil, ocorrida de 1964 a 1985.

Livros

Novas reflexões sobre o ensino de língua portuguesa

Esta obra resulta de pesquisas desenvolvidas tanto individualmente pelo corpo docente do Programa de Mestrado Profissional em Letras – PROFLETRAS, da Universidade Estadual Paulista – UNESP, quanto em parceria com seus orientandos. Em sua estruturação, este livro divide-se em duas partes – “Leitura e Produção Textual: diversidade social e práticas docentes”, e “Teorias da linguagem e Ensino” –, que se relacionam com as duas linhas de pesquisa do Programa. Seis capítulos compõem a primeira parte e cinco, a segunda.

A história de Ruth

“A artista plástica, restauradora, pesquisadora e historiadora de arte Ruth Sprung Tarasantchi nasceu em Sarajevo, Iugoslávia (atual Bósnia-Herzegovina) em 1933, e desde 1947 vive no Brasil. Encontrou na gravura em metal o processo ideal para sua expressão artística. Suas imagens despertam emoções e sentidos, em uma espécie de ideário universal dos álbuns de família. Autobiográficas, narrativas, impregnadas pelo universo feminino, pelos costumes e tradições judaicas, pelos personagens que habitam sua memória, as gravuras de Ruth nos transportam no tempo e no espaço. Neste livro, as gravuras são acompanhadas de textos em que a artista mira a própria vida em retrospectiva, e as imagens encontram contraponto perfeito na poesia que perpassa a narrativa.”

R$ 128,00

Políticas educacionais, formação de professores e prática pedagógica

O livro divulga a produção científica de grupos de pesquisa do Departamento de Educação e do Programa de Pós-Graduação em Docência para a Educação Básica, da Faculdade de Ciências, Campus de Bauru, da Universidade Estadual Paulista (UNESP). Reúne dez capítulos que abordam criticamente aspectos de um tema bastante atual: Políticas educacionais, formação de professores e prática pedagógica. Os referidos capítulos, sempre articulando fundamentação teórica e dados sistemáticos de investigação, tratam, entre outras, das seguintes questões de interesse para profissionais do magistério e da pesquisa: formação continuada de professores alfabetizadores em matemática; concepções de ciência de graduandos em química; análise das teses produzidas por pedagogas; o uso de objetos digitais de aprendizagem na alfabetização; a fotografia e o surgimento da escola moderna; jogo, educação e formação de professores; reflexões sobre ensino da matemática na Educação Infantil; representação semiótica no ensino de matemática; possibilidades para a construção da autonomia moral na Educação Infantil; letramento de alunos com deficiência auditiva ou surdez.

Ensinando boas práticas aos manipuladores de alimentos

Na primeira parte desta obra, com linguagem didática e ilustrativa, os manipuladores de alimentos serão orientados sobre as boas práticas

Poesia Infantil e Juvenil Brasileira: uma Ciranda sem fim

A poesia para a infância é um gênero ainda não tratado em sua abrangência. Não tem também entrado em sala

R$ 46,00 R$ 13,80

Breve compêndio da esfera e da arte de navegar composto por Martín Cortés de Albácar (Coleção Memória Atlântica – Volume V)

Publicado pela primeira vez na Espanha no ano de 1551, o Breve compêndio da esfera e da arte de navegar composto por Martín Cortés de Albácar ganhou grande notoriedade nessa época por apresentar um conjunto de instruções e práticas utilizadas pelos navegadores espanhóis envolvidos nas viagens dos descobrimentos ultramarinos. A presente edição, que inclui um estudo sobre a produção náutica espanhola do século XVI, tem como alvo tornar mais acessível ao grande público um texto considerado chave para explorar um dos capítulos da história da navegação europeia desse período.

Percepção do meio ambiente e geografia

Desde o surgimento do ser humano, existe uma geografia vivida, experienciada e percebida, da esfera do cotidiano. É dessa geografia que o presente livro trata. Os escritos de Lívia de Oliveira revelam o quanto a geografia faz parte de todos nós, constituindo nossa visão de mundo, nossas experiências e percepções dos espaços, paisagens e lugares. Neste livro estão reunidos textos publicados no decorrer da carreira dessa pensadora e que expressam sua travessia acadêmica. São duas as motivações para a organização deste volume. Em primeiro lugar, para homenagear os 90 anos dessa grande geógrafa paulista de Mairinque. Em segundo, para compilar um conjunto expressivo de suas contribuições, tanto pela ausência de obras longas que sistematizem seu pensamento, quanto pela dispersão de seus textos em diferentes veículos, o que torna mais difícil obter uma visão de conjunto de seu trabalho. Pleno de humanismo, cuidado e afeto, este é o testemunho de uma geógrafa apaixonada por sua ciência e de uma geografia que pode ser entendida como o estudo da Terra como lar das pessoas, revelando elementos fundamentais para o conhecimento de um importante capítulo da geografia brasileira.

R$ 45,00

Sobre a arte de guardar

REFLEXÕES A RESPEITO DO ACERVO DE LÍVIO XAVIER

R$ 36,00

Prazeres possíveis

A coletânea tem como objetivo focar a noção e a experiência com o prazer em diferentes esferas da vida social. Arte, sexualidade, política, educação; esporte e a tarefa de pesquisa são algumas delas. O desafio de análise foi aceito por 14 colaboradores oriundos do ambiente universitário, resultando em um amplo painel sobre a fluição do prazer nos quadros da cultura e da sociedade.

A Livraria de Frei Gaspar da Madre de Deus (volume III da Coleção Memória Atlântica)

“A livraria de Frei Gaspar da Madre de Deus, o terceiro volume
da coleção Memória Atlântica, dá a conhecer o catálogo da livraria do Mosteiro de São Bento, organizado em 1766 por Madre de Deus, um documento indispensável para
se avaliar melhor o que efetivamente tinham à sua disposição, numa biblioteca franqueada ao público, os cariocas letrados dos séculos XVII e XVIII. A presente edição, precedida por uma introdução ao universo dos livros e das livrarias no Rio de Janeiro colonial,
identificou as mais de 3 mil obras e cerca de 1.300 autores listados pelo religioso, oferecendo ao leitor o mais amplo e detalhado retrato de uma biblioteca colonial de que se tem notícia”

Agroindústria canavieira e desenvolvimento territorial: evidências de estudos de casos. (Série Economia, nº 2)

“O livro consiste de uma coletânea que procurou avaliar os impactos econômicos e sociais das atividades produtivas da agroindústria canavieira sobre seus territórios. Reunindo pesquisadores de várias instituições e estados brasileiros, com igual variedade de metodologias, os textos mergulham em detalhada análise de casos para deles extrair reflexões sobre a complexa relação entre a agroindústria canavieira no Brasil e o desenvolvimento territorial.”