Estudo sobre Cecília Meireles resgata expressão lírica feminina na América Latina

Ainda que de origem tardia, se comparado aos movimentos franceses e anglo- saxônicos, o feminismo na América Latina foi o principal propulsor das conquistas de mulheres oriundas do continente no campo da política, educação e cultura, área esta contemplada pelo talento de grandes autoras, muitas vezes subestimadas pelos grandes historiadores. E é pelo olhar de uma delas que Vozes femininas da poesia latino americana: Cecília e as poetisas uruguaias, lançamento do selo Cultura Acadêmica, discorre a respeito das grandes poetisas regionais da década de 50. Inspirado pelo ensaio Expressão feminina da poesia na América, de Cecília Meirelles, o livro de Jacicarla Souza da Silva mostra o panorama em que se deram as principais mudanças de comportamento em relação à sociedade patriarcal em vigor no passado, atentando às particularidades geográficas e culturais em que tais mudanças foram inspiradas. E revela ainda um outro perfil da escritora brasileira Cecília Meireles: a de grande estudiosa e conhecedora da produção de autoria feminina latino- americana. O interesse de Cecília pelas questões deste gênero é reforçado não só por estudos de sua autoria da literatura uruguaia, como também pela forma que ela o utilizou em suas próprias criações. Ao trabalhar estes pontos-chave, Jacicarla acaba por mostrar o quão abrangente é a obra da escritora brasileira e sua relevância para a compreensão do universo da mulher. Sobre a autora – Graduada em Letras pela Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho (2003) e mestre em Letras pela mesma universidade (2007). Atualmente é professora de educação superior da Universidade Estadual do Oeste do Paraná. Tem experiência na área de Letras, com ênfase no ensino de Literatura, atuando principalmente nos seguintes temas: literatura latino-americana, literatura de autoria feminina, lírica e cultura hispânica.

Dermatologia ganha seu primeiro dicionário produzido a partir de modelos linguísticos

8 de novembro de 2017

Análise sobre processo educativos para trabalhadores da Saúde desvenda as particularidades do SUS

8 de novembro de 2017

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *