Estudo revela o poder do discurso publicitário no sucesso da Coca-Cola

Além de oferece ao leitor uma reflexão so¬bre os discursos veiculados em diferentes mídias, o livro O percurso dos gêneros do discurso publicitário: uma análise das propagandas da Coca-Cola, lançamento do selo Cultura Acadêmica, resgata o percurso dos gêneros publicitários. A partir de análises das propagandas da Coca-Cola e de seus contradiscursos (antiamericanos, anticapitalistas, antiglobalização, da natureza e da saúde), a lingüista Ana Lúcia Furquim Campos Toscano acompanha todo o trajeto da linguagem midiática, desde a inserção de seus anúncios na televisão, o emprego de efeitos especiais, a introdução dos recursos da informática e da interconexão com outras mídias, em especial, com a internet. Com isso, reflete como as relações comunicativas encurtaram as fronteiras espa¬co-temporais, gerando transformações culturais que, com o auxílio de máquinas que substituem a força, os sentidos e o cére¬bro humano, criaram novas formas de representação do mun¬do e de relações sociais. Uma pluralidade de sig¬nos, de valores sociais e de cultura que, como mostra Ana Lúcia, provocam a imersão do homem em uma ampla variedade de formas comunicativas e nos mais diversos discursos. E estes, inse¬ridos no contexto da globalização, muitas vezes privilegiam a pluralidade cultural. Para o estudo são utilizadas as reflexões de Mikhail Bakhtin sobre gêneros do discurso e dialogismo, além da contribuição de outros estudiosos da linguagem e do discurso, bem como realizada ampla pesquisa do contexto histórico no qual a Coca-Cola se desenvolveu. Dividido em quatro capítulos, a autora faz um apanhado sobre os discursos, em especial, o publicitário; a evolução da mídia e o seu contexto sócio-histórico- cultural; o percurso dos gêneros publicitários e a linguagem sincrética dos anúncios impressos e televisivos da Coca-Cola; e uma conclusão sobre a identidade construída por essa marca não só no mercado, como na vida das pessoas. Sobre a autora – Ana Lúcia Furquim Campos Toscano possui graduação em Letras pela Universidade de Franca (1988), mestrado (2003) e doutorado em Linguística e Língua Portuguesa pela Universidade Estadual Paulista, câmpus de Araraquara. Atualmente é chefe de departamento do curso de Letras e professora titular do Uni-Facef Centro Universitário de Franca e professora do curso de Letras da Universidade de Franca. Tem experiência na área de Letras, com ênfase em Língua Portuguesa, atuando principalmente nos seguintes temas: análise do discurso, propaganda, cronótopo, dialogismo e gênero do discurso.

Estudo sobre Cecília Meireles resgata expressão lírica feminina na América Latina

8 de novembro de 2017

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *