Dermatologia ganha seu primeiro dicionário produzido a partir de modelos linguísticos

Apesar do grande desenvolvimento da Dermatologia, não há, no Brasil, dicionários especializados nessa área do saber produzidos com base em modelos científicos linguísticos. O lançamento do Dicionário de dermatologia, pelo selo Cultura Acadêmica, cumpre essa função, ao apresentar 3.697 termos, acompanhados de seus sinônimos, registrando nomes populares, regionais, siglas ou ainda termos utilizados preferencialmente por uma ou outra corrente teórica da Dermatologia. O que facilita a comunicação entre leigos e especialistas, pois permite que se encontre os significados de termos ligados à Dermatologia, possibilitando o acesso à informação ao maior número de pessoas possível. A primeira parte da obra é formada por um conjunto de termos organizado em ordem sistemática (sistema conceptual). A segunda, por verbetes ordenados alfabeticamente. Desse modo, o termo procurado pode ser encontrado facilmente (seguindo a ordem alfabética) e se tem uma visão clara do lugar que esse termo ocupa dentro do conjunto das unidades terminológicas tratadas na obra (seguindo a ordem sistemática). Resultado de seis anos de pesquisa realizada no Instituto de Biociências, Letras e Ciências Exatas (Ibilce) da Universidade Estadual Paulista, câmpus de São José do Rio Preto, sob a coordenação da professora Lídia Almeida Barros, o Dicionário de dermatologia é o primeiro trabalho especializado nesta área a ser produzido com base em modelos científicos linguísticos. A ordenação conceptual que estrutura termos e conceitos é construída com base nas relações estabelecidas entre esses e na qual cada termo é determinado por sua posição dentro do conjunto. Sobre a coordenadora – Possui graduação em Letras pela Universidade de São Paulo (1986), mestrado em Línguas Românicas pela Université Lumière Lyon2 (1992) e doutorado em Ciências da Linguagem, pela Université Lumière Lyon2 (1997). É professor adjunto da Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho. Tem experiência na área de Linguística, com ênfase em Terminologia, atuando principalmente nos seguintes temas: Terminologia, Terminografia, Tradução e Tradução juramentada.

Estudo sobre Cecília Meireles resgata expressão lírica feminina na América Latina

8 de novembro de 2017

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *