Políticas educacionais, formação de professores e prática pedagógica

O livro divulga a produção científica de grupos de pesquisa do Departamento de Educação e do Programa de Pós-Graduação em Docência para a Educação Básica, da Faculdade de Ciências, Campus de Bauru, da Universidade Estadual Paulista (UNESP). Reúne dez capítulos que abordam criticamente aspectos de um tema bastante atual: Políticas educacionais, formação de professores e prática pedagógica. Os referidos capítulos, sempre articulando fundamentação teórica e dados sistemáticos de investigação, tratam, entre outras, das seguintes questões de interesse para profissionais do magistério e da pesquisa: formação continuada de professores alfabetizadores em matemática; concepções de ciência de graduandos em química; análise das teses produzidas por pedagogas; o uso de objetos digitais de aprendizagem na alfabetização; a fotografia e o surgimento da escola moderna; jogo, educação e formação de professores; reflexões sobre ensino da matemática na Educação Infantil; representação semiótica no ensino de matemática; possibilidades para a construção da autonomia moral na Educação Infantil; letramento de alunos com deficiência auditiva ou surdez.

Estágio supervisionado: prática simbólica e experiência inaugural da docência

Durante a realização dos estágios, as ações e a experiência na sala de aula ultrapassam a condição de atividade acadêmica

Projeto Açaí: uma contribuição à formação dos professores indígenas no estado de Rondônia

A educação escolar indígena e a formação de professores indígenas estão em pauta na obra Projeto Açaí: uma contribuição à

Tempo e Saberes: a constituição do professor experiente em Matemática

Intrigantemente esta obra trabalha com duas categorias – Tempo e saberes – numa tentativa de estudar as razões a que

Pesquisa, ensino e aprendizagem da língua inglesa: olhares e possibilidades

Esta coletânea é fruto de pesquisas sobre ensino-aprendizagem de Inglês como Língua Estrangeira (LE) produzidas no Programa de Pós-Graduação em

Imperialismo e educação do campo

A obra centra-se no estudo das políticas públicas impostas pelo imperialismo para a educação dos camponeses e das relações semifeudais

Faces da Escola em Ibero-América

A ideia, desde o início, foi elaborar um livro que não só tratasse do pensar a Escola em Ibero-América, mas

Caminhos para a Escola Inclusiva

Desconstruir a prática da exclusão significa, por um lado, elaborar o campo teórico da explicação crítica das redes de relações

Cinema e educação: algumas leituras possíveis

Cinema e Educação: algumas leituras possíveis” é um trabalho intelectual que se fez no nosso Programa e que se fará

Inclusão e aprendizagem: desafios para a escola em Ibero-América

Inclusão e aprendizagem sintetizam o espírito do educar nas sociedades complexas em que vivemos. Carregam também suas contradições históricas desafiando

Educação Infantil Municipal e os Dilemas da Realidade: direito, qualidade e financiamento

A escola de Educação Infantil, além de tantos aspectos importantes para a vida e desenvolvimento das crianças, deve ajudar essas