Uma arqueologia do ensino de filosofia no Brasil

Formação discursiva na produção acadêmica de 1930 a 1968

O objetivo deste livro é investigar a formação discursiva do ensino de filosofia em nível universitário no Brasil. O autor analisa as condições para a formação do saber sobre “ensino de filosofia” na esfera universitária. Para isso, pesquisa os anos 1930, década em que se inicia a criação das principais Faculdades de Filosofia no Brasil, até 1968, ano da Reforma Universitária no país, para: (a) verificar a hipótese de pesquisa, que visa analisar o formato de articulação entre os discursos filosófico e pedagógico na constituição do saber “ensino de filosofia”; (b) oferecer o mapeamento do debate acerca do ensino de filosofia no debate acadêmico entre os anos de 1930 e 1968.

Formatos

,

Ano

Dimensões

Páginas

Edição

ISBN

Autor

Tiago Brentam Perencini (Autor)

Coleções

PROPG - 2017