O livro ‘As Paixões Humanas em Thomas Hobbes: entre a ciência e a moral, o medo e a esperança’ analisa a relação existente entre a ciência de matriz mecanicista e o projeto político presente na obra desse autor inglês do séc. XVII. Defende a hipótese de que Hobbes deve muito de sua concepção moral e política aos seus estudos acerca da ciência, que o orientam a pensar o homem e suas paixões. Com esse pressuposto, são também discutidas no livro algumas interpretações que criticam a relação entre filosofia natural (ciência) e filosofia moral. Finalmente, investiga-se o papel que duas paixões em especial, o medo e a esperança, desempenham no processo que afasta a guerra de todos e procura construir a paz política.

Formatos

,

Ano

Dimensões

Páginas

Edição

ISBN

Autor

Hélio Alexandre da Silva (Autor)

Coleções

PROPG