Este estudo sublinha um traço peculiar da obra do poeta brasileiro Dante Milano: o aparecimento contínuo da temática do esquecimento, já evidenciado por Manuel Bandeira, e seus consequentes desdobramentos para a unidade da obra Poesias, enfeixada pela poesia do pensamento, ou do pensamento emocionado. Forçando o núcleo central da obra pelo seu polo negativo, Bruno Malavolta procura demonstrar como o esquecimento, tencionando-se ao pensamento, vai resultar em uma poesia de absoluta singularidade e modernidade sui generis, em que tradição e modernidade medem forças em uma tensão, afinal, resolvida apenas em um ato resiliente deste eu lírico, o esquecimento.

Formatos

,

Ano

Dimensões

Páginas

Edição

ISBN

Autor

Bruno Darcoleto Malavolta (Autor)

Coleções

PROPG - 2017