Música de duas dimensões

Correspondências entre os universos instrumentais e eletroacústico

A autora discute as complexas relações entre a música eletroacústica e a instrumental, que unidas do ponto de vista composicional e interpretativo deram origem ao gênero eletroacústico misto, inaugurado em 1952 pela obra Musica su due dimensioni, para flauta, piano e sons eletrônicos, composta pelo compositor e regente italiano Bruno Maderna (1920-1973).

De acordo com a autora, se a influência do universo eletroacústico sobre a concepção compositiva destinada a um instrumento musical amplia o seu universo idiomático, ambos os gêneros jamais se fundem totalmente, mas se complementam, tornando-se um a extensão do outro. Por isso, embora muito rica do ponto de vista tímbrico, a música mista sempre foi um campo de intensas discussões, que giram em torno do uso dos sons eletroacústicos pré-gravados e das possíveis limitações interpretativas impostas por eles aos instrumentistas.

O livro também aborda o modo como particularidades da música eletroacústica integraram-se à composição instrumental, mais especificamente à obra pianística do compositor húngaro György Ligeti (1923-2006), a partir da segunda metade da década de 1970. A análise do trabalho de Ligeti permite apreender com sobras toda a florescência da relação entre a música eletroacústica e a instrumental e as muitas imbricações que ela envolve.

Formatos

, ,

Ano

Dimensões

Páginas

Edição

ISBN

Autor

Helen Gallo Dias (Autor)

Coleções

PROPG