Ver mais detalhes

O mestre de capoeira angola ensina pegando pela mão

O mestre de capoeira Angola ensina pegando pela mão
Saberes, artefatos e rituais no processo de formação

Neste livro de Thiago Pereira de Souza, Samuel de Souza Neto e Melissa Fernanda Gomes da Silva, são analisados os saberes presentes nas duas principais modalidades de capoeira – a chamada capoeira Angola e a regional – bem como o perfil profissional dos que atuam no ensino dessas duas vertentes largamente predominantes no Brasil.
Classicamente, a capoeira Angola, a mais antiga, caracteriza-se por ser uma luta lenta e baixa, embora possa também ser rápida. Procura, segundo os autores, manter bem presente nas rodas os rituais, a tradição e ancestralidade do jogo. O aluno é reconhecido por sua desenvoltura na luta e no conjunto de instrumentos musicais. Já a capoeira regional pressupõe uma movimentação mais rápida e violenta e pelo jogo em pé. Os alunos são diferenciados por graduações do nível de conhecimento e técnica adquirido na execução dessa arte.
O livro busca identificar os elementos e aspectos que levaram à distinção entre as duas escolas, assim como suas implicações sobre o ensino e a prática da capoeira. Os autores procuraram ainda identificar como os conhecimentos específicos que emergiram da prática foram incorporados às duas modalidades ao longo dos anos.

Formatos

Ano

Dimensões

Páginas

Edição

ISBN

Coleções

PROPG