A imagem, enquanto matéria do conhecimento, é pensada desde seus fundamentos e problemas mais básicos, como os princípios epistemológicos do empirismo, até as suas complexas relações com a arte e a formação da cultura. Nesta “história do conceito de imagem” cabem tanto as manifestações artísticas que fizeram da imagem seu material essencial, como as implicações culturais que elas provocaram como mudança efetiva para o mundo.

Além dos aspectos culturais mais amplos e determinados pelos produtores de cultura, percebe-se uma mudança cada vez mais complexa na relação dos indivíduos com a produção de imagens. As novas tecnologias de informação e comunicação proporcionaram aos usuários de aparelhos móveis a possibilidade de documentar todos os movimentos da sociedade. Esta realidade mostra sua face banal e violenta todos os dias nas redes sociais, ao mesmo tempo, proporciona inegáveis possibilidades de democratização e difusão do conhecimento.

A partir deste horizonte de complexidade e de inúmeros estímulos, surgiu-nos o tema da XVIII Jornada Multidisciplinar do Departamento de Ciências Humanas da Faac – Faculdade de Arquitetura, Artes e Comunicação da Unesp – Universidade Estadual Paulista “Júlio de Mesquita Filho”, campus de Bauru, realizada em 2016: Imagem, Pensamento e Cultura. Conseguimos reunir, com o tema proposto, uma ampla possibilidade de vozes e pesquisas.

O cinema, a fotografia, as redes sociais, a televisão, a internet e os jornais, se servem diariamente das imagens para produzir interpretações e tendências. O trabalho acadêmico se debruça sobre essa produção e emite, na medida do possível, uma síntese dessas tendências interpretativas. Nossa intenção, na Jornada Multidisciplinar 2016 e neste livro, foi a de dar visibilidade a todas estas tendências culturais a partir de referenciais teóricos e de uma metodologia científica, mas, sobretudo de dar voz aos movimentos e tendências culturais e sociais que se manifestam cotidianamente pela imagem e pelo pensamento.A imagem, enquanto matéria do conhecimento, é pensada desde seus fundamentos e problemas mais básicos, como os princípios epistemológicos do empirismo, até as suas complexas relações com a arte e a formação da cultura. Nesta “história do conceito de imagem” cabem tanto as manifestações artísticas que fizeram da imagem seu material essencial, como as implicações culturais que elas provocaram como mudança efetiva para o mundo.

Avaliações

Não há avaliações para este livro ainda.

Be the first to review “Imagem, pensamento e cultura”

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *