Os municípios brasileiros podem fortalecer seu desenvolvimento econômico e social , bem como estabelecer laços de irmandade, projetos de cooperação técnica e financiamento externo com várias cidades e organismos internacionais do mundo, por meio do exercício efetivo da diplomacia municipal. O mecanismo institucional mais adequado para aproveitar essas oportunidades è a implementação  de estruturas administrativas locais focada na tarefa da internacionalização dos municípios. Estas estruturas terão a função central de identificar os principais problemas e potencialidades das cidades  e estabelecer um plano de ação estratégico para conectá-la à realidade global. Nesta perspectiva, este livro visa contribuir para a discussão teórica de relações internacionais, especificadamente no tocante a participação de entidades governamentais subnacionais nas relações internacionais; incorporar na agenda política de pequenos e médios municípios as oportunidades existentes de cooperação técnica internacional e financiamento externo; e incentivar parcerias entre prefeituras brasileiras e universidades objetivando o aperfeiçoamento da gestão pública em uma perspectiva democrática.