Das letras às telas

A tradução intersemiótica de Ensaio sobre a cegueira

Este estudo crítico apresenta uma leitura comparada entre o romance Ensaio sobre a cegueira (1995), do escritor português José Saramago, e sua adaptação cinematográfica, Blindness (2008), dirigida pelo cineasta brasileiro Fernando Meirelles. A narrativa de Saramago, tomada como ponto de partida, é analisada à luz das categorias de imagens estabelecidas por Northrop Frye: demoníacas, apocalípticas e analógicas. Em seguida, considerando-se que a literatura e o cinema, apesar de traços comuns, são sistemas semióticos distintos, verifica-se o tratamento que as imagens do livro receberam em sua adaptação cinematográfica, observando aproximações e contrastes existentes entre a narrativa e o filme.

Formatos

, ,

Ano

Dimensões

Páginas

Edição

ISBN

Autor

Cleomar Pinheiro Sotta (Autor)

Coleções

PROPG