Ver mais detalhes

A relação conclusiva na língua portuguesa: funções resumo, conclusão e consequência

A obra analisa a relação conclusiva expressa por meio das conjunções então e portanto, em dados do português falado nos países lusófonos. Para tanto, utiliza o aparato teórico da Gramática Discursivo-Funcional, modelo que privilegia a intenção comunicativa do falante ao fazer uso do sistema linguístico em situação de interação. A análise revela a existência de três diferentes tipos de relação conclusiva: a Função Resumo (que ocorre entre porções textuais maiores, para sintetizar uma explanação anterior), a Função Conclusão (que relaciona indiretamente duas orações por meio de uma premissa) e a Função Consequência (que relaciona diretamente duas orações, à semelhança de causa-consequência).