A história segundo Xenofonte

Historiografia e usos do passado

As três obras que são objeto deste livro – Helênicas, Anábase e Ciropedia – constituem o corpus historiograficum de Xenofonte de Atenas, autor do século IV a.C., conhecido hoje, sobretudo, por ter sido um dos discípulos do filósofo Sócrates que, como Platão, deixou-nos alguns testemunhos a respeito do célebre mestre. Embora Xenofonte tenha sido um polígrafo – o primeiro da Grécia –, escrevendo em vários gêneros (tratados técnicos, discursos socráticos, biografia epidítica), ele é mais conhecido na Literatura Clássica como historiador, formando, ao lado de Tucídides e Heródoto, a tríade canônica de historiadores gregos antigos. Porém, modernamente, contesta-se muito sua qualidade enquanto historiador e até mesmo a sua integração nesse cânone.

ISBN

Formatos

Páginas

Edição

Dimensões

Ano

Autor

Emerson Cerdas