Cultura Acadêmica

Existem 104 usuários on-line.

Saúde Coletiva


versão digital (ebook)impressão sob demanda
A problematização em educação em saúde
Percepções dos professores tutores e alunos

Villardi, Marina Lemos; Cyrino, Eliana Goldfarb e Berbel, Neusi Aparecida Navas

Sinopse
As autoras deste livro fazem uma aproximação entre as práticas educativas problematizadoras e a área da Saúde, com o objetivo de provocar novas reflexões para que todos os envolvidos no processo de formação profissional em Saúde repensem o seu fazer cotidiano na educação, que estará sempre implicada com o modelo de cuidado ofertado.
A formação dos profissionais dessa área deve estar voltada às as novas exigências da sociedade e, para isso, necessita centralizar a promoção da saúde, trabalhando o conceito de saúde como qualidade de vida, o processo de trabalho na interdisciplinaridade, o desenvolvimento de habilidades para a ação social e a capacitação para a educação em saúde, para que se tenha, simultaneamente, bons profissionais e bons cidadãos.
ISBN: 9788579836626
Assunto: Saúde Coletiva
Formato: 12 x 21
Páginas: 118
Edição:
Ano: 2015
Sobre os autores
Marina Lemos Villardi

Formada em Pedagogia pela Unesp de Bauru em 2007. Realizou aprimoramento em Saúde Escolar pela Faculdade de Medicina de Botucatu- Unesp em 2008. Concluiu o mestrado em Saúde Coletiva na Unesp-Botucatu em 2011, através de estudo sobre as ações desenvolvidas pela Estratégia da Saúde da Família voltadas à saúde da criança em idade escolar. Concluiu o doutorado em 2014 em Saúde Coletiva pela Faculdade de Medicina de Botucatu-Unesp. Desenvolveu sua pesquisa com práticas de ensino que utilizam metodologias problematizadoras. Atualmente, atua como coordenadora pedagógica do curso de Pedagogia da Faculdade Sudoeste Paulista (Avaré, SP), ministrando aulas de pesquisa em educação, sociologia da educação e interação social e comunitária.


Eliana Goldfarb Cyrino

Formada em Medicina, é mestre em Medicina Preventiva e Social pela Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo e mestre em Educação para Profissionais de Saúde pela Universidade de Illinois, Estados Unidos. É doutora em Pediatria pela Faculdade de Medicina de Botucatu-Unesp. É professora livre docente em Saúde Pública nessa universidade, onde atua na graduação médica e de enfermagem, na residência médica, no aprimoramento profissional e na pós-graduação em Saúde Coletiva. É editora associada da revista Interface – Comunicação, Saúde e Educação. Foi coordenadora geral de Ações Estratégicas da Educação na Saúde, entre 2013 e 2014, no Departamento de Gestão da Educação na Saúde, e diretora de programa, entre 2014 e 2015, na Secretaria de Gestão e da Educação na Saúde, Ministério da Saúde do Brasil. Atualmente, é
diretora do Centro de Saúde Escola de Botucatu.


Neusi Aparecida Navas Berbel

É graduada em Pedagogia pela Universidade Estadual de Londrina (1971). Fez o mestrado em Educação na Universidade Federal
Fluminense (1982), o doutorado em Educação na Universidade de São Paulo (1992) e o pós-doutorado em Educação na Unicamp (2010). Aposentou-se em março de 2015 como professora associada da Universidade Estadual de Londrina, após 42 anos de atuação
na área pedagógica. Sua experiência na área de Educação foi sempre com ênfase no Ensino Superior, atuando
principalmente nos temas: didática, metodologia da problematização com o arco de Maguerez, avaliação da aprendizagem, formação de professores e pesquisa. É autora e coautora, com colegas de alunos da pós-graduação, em cerca de vinte livros. Tem também muitos artigos publicados, sempre na área pedagógica. É editora de área da Revista Interface, da Unesp de Botucatu, na área de Educação e Saúde, área em que tem atuado muito, seja com disciplinas da pós-graduação, seja na orientação de dissertações, na realização de palestras, conferências e minicursos.